quarta-feira, 27 de março de 2013

Dicas de Florianópolis


Floripa









visão da  cidade a noite




Com uma natureza exuberante, mar deslumbrante e uma população bela, Florianópolis faz por merecer o título de Ilha da Magia. Esse lugar paradisíaco vem atraindo turistas de todos os lugares.  Os argentinos já são frequentadores assíduos e agora o jet set brasileiro, também, vem fazendo desta, uma ilha da fantasia. 



Com trilhas, cachoeiras e bons ventos, Floripa, para os íntimos, agrada os aventureiros e a turma do vôo livre. Mas foi o surf quem deu fama e prestigio à capital de Santa Catarina. Os entendidos explicam que a ilha recebe ondas dos dois principais quadrantes, sul e leste. Por isso é possível surfar todos os dias, obtendo ondas de 3 a 5 pés (um metro a um metro e meio), independente da estação do momento. Além disso, nos melhores dias Floripa quebra ondas de até 10 pés em determinadas praias.


mapa do surf 




Dicas de Isabella Justo


A dica é de Isabella Justo























PRAIAS

Quem esteve in loco e nos dá a dica dessa vez, é a advogada Isabella Justo. Ela nos conta quais são os seus points favoritos: 


Moçambique

Moçambique






Por ser uma praia deserta deve-se levar cadeira e barraca: - “não tem bar nem ambulante. Tem um trailer logo na entrada da praia que vende água, cerveja e biscoito. Mas é maravilhosa, lembra praia de antigamente. Vegetação protegida e água boa. Vale a pena”. 



Por fazer parte da reserva do Parque Florestal do Rio Vermelho não tem construção alguma no local.


  Campeche



“Gosto muito também. Você deve saber escolher o espaço. Tem o “lado lotado" que eu particularmente evito. Mais ao lado, perto do rio, o ambiente é mais sossegado. Lá fica a simpática Dona Maria que vende cerveja num carrinho de mão. 

Logo na entrada da praia,  no “espaço família', tem um estacionamento. La fica também o Restaurante GiraSol que é muito badalado, com boa comida, um super chuveiro e pasme - massagista. A massagem deve ser reservada com antecedência. É ótimo!”.













Restaurante GiraSol
Fone: (DDD/DDI) 3237-4650




A praia Campeche fica entre a Joaquina e o Morro das Pedras. Segundo o site guiafloripa.com.br  o mar é grosso, tem águas frias e de salinidade elevada. As ondas são fortes e as direitas com ondulação sul são muito esperadas pelos surfistas.



Barra da Lagoa

Segundo Isabella não é um lugar bacana mas vale para comer no Recantinho. O Restaurante fica na colônia de pesca de Florianópolis e tem no cardápio peixe fresco e frutos do mar, claro! 

A esposa do Seu Anísio faz um siri imperdível. E em seguida peça, segundo Isabella um peixe com uma cerveja gelada.  






 Praia Mole



É o point dos surfistas e o pessoal do voo. O nome deve-se à areia solta e macia. “Fora do carnaval é maravilhosa, vale a pena ir. Se tiver disposição,  atravesse o rio e chegará ao paraíso. Vale checar as condições dos mares para não correr o risco de ficar do outro lado”.


Praia Mole






   Praia dos Ingleses


Sandboard da Praia dos Ingleses






Aqui se pratica o sandboard, descer a duna numa prancha fazendo manobras. Este esporte nasceu nesta praia. A praia dos Ingleses tem uma ótima infra estrutura hoteleira e de restaurantes e, segundo a nossa guia: “Também é imperdível. Um visual maravilhoso”.




  A praia do Rosa





“É um lugar à parte. De abril a outubro é o período para ver as baleias:- " Não vi! mas tenho vontade de ir só para isso". O Local é lindo e merece mais do que apenas um dia, vá e fique pelo menos 3 dias para aproveitar tudo. Praia boa, comidinha caseira, bares maravilhosos com música ao vivo e uma caipirinha de limão de tirar o chapéu” .



   Jurerê










A praia de mar esverdeado e calmo abriga barcos e iates sofisticados. Alí fica o Iate Clube Santa Catarina. Em terra mantem-se a coerência, lá está o luxuoso Residencial Juerê Internacional, que conta com toda a infra estrutura que o Grand Monde exige. 

O residencial deu fama à praia pela concentração de milionários e pretendentes ao “título". Quem tiver dinheiro e curiosidade em conhecer o local poderá se hospedar no Hotel IL Campanario.












Isabella confirma:" - é um país à parte." A praia é bonita, mas nada especial. Como gosto de praia com barraca, vendedor de mate e frescobol, não gostei, mas acho que vale uma visita”. 





http://www.jurere.com.br



FAROL 

A Trilha do Farol dos Naufragados é uma das trilhas mais frequentadas da Ilha. A praia é quase intocada e fica dentro do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. A bateria de canhões do Forte de Naufragados, o Farol de Naufragados e a vista da Fortaleza de N. S. da Conceição de Araçatuba são um presente de encher os olhos daqueles que percorrem a trilha.



.
  Lagoa da Conceição


É o ponto mais famoso de Florianópolis. Aqui fica o Bistrô La Provence, restaurante de Rentao Justo, irmão de Isabella. A Veja recomenda:  









O chef Renato Justo Júnior aprendeu em Paris algumas das receitas que exibe no cardápio. Na seção de entradas, as vieiras ao espumante são servidas com alho-poró em uma taça (R$ 58,00) e disputam a preferência do público com o ratatouille de abobrinha e berinjela, acompanhado de torradas feitas de ciabatta (R$ 18,00). Dá continuidade aos pedidos a costeleta de cordeiro ao molho de cerveja escura, guarnecida de purê de batata-baroa (R$ 64,00), ou o robalo grelhado com purê de ervilha e tomate picado em azeite de ervas (R$ 52,00). Outra especialidade da casa é o creme brûlé (R$ 16,00), que pode finalizar a refeição. Para beber, há sessenta rótulos de vinho, entre os quais o argentino Las Perdices Malbec 2009 (R$ 98,00).
(FONTE: VEJA)






O chefe Renato Justo e Suzana Reiser responsável pela recepção.


Bistrô La Provence
Travessa Leopoldo João Santos, 93
Bairro: Lagoa da Conceição
Cidade: Florianópolis
Telefone: 3223-6762
Lugares: 32
Horário: 19h30/0h30 (fecha seg. e dom.)



Outra dica de Isabella nesta região é a Pizzaria Basílio. Segundo a advogada essa  é uma ótima pedida para quem já está satisfeito de frutos do mar, e prefere variar - “ um espetáculo, pizza fininha, crocante e super saborosa”.





Pizzaria Basílio













DICA EXTRA




Restaurante Ostradamus



“Lindo, vale a pena! É um local que se dedica ao cultivo das ostras e são frescas, maravilhosas e caras. Mas vale a pena. Seguindo a estradinha até o final tem um passeio de barco ate a praia dos naufragados imperdível. É bom chegar cedo para aproveitar o dia”, conta a nossa guia



Segundo a Revista Veja


Cultivadas pelo próprio restaurante, as ostras aparecem no cardápio em dezesseis versões. Há, entre elas, a preparada ao alho e óleo, a incrementada de gengibre, mel e conhaque e a defumada artesanalmente, servida com molho branco e cheddar. Cada porção custa R$ 33,00 e inclui uma dúzia de moluscos. Não restrito às ostras, o cardápio também exibe risoto de berbigão, camarão, lula e marisco. Em 2012, a casa inaugurou uma adega subterrânea, capaz de guardar 3 500 garrafas de vinho
(FONTE: VEJA)






















ATENÇÃO QUE OS RESTAURANTES FECHAM CEDO E AS VEZES NÃO SE CONSEGUE ALMOÇAR!!!! O HORÁRIO EM FLORIPA É DIFERENTE DO NOSSO. LA SE ALMOÇA CEDO!!!!


 FONTE: